segunda-feira, 21 de maio de 2007

Chamar as coisas pelos nomes - Quais?

Questiono-me a veracidade de algumas palavras que usamos. E se da veracidade não se tratar, se será mau, de vez enquanto usar outras, que para alguns pode ter uma conotação mais negativa. Qual das frases é a mais real: Gosto muito de fazer Amor contigo ou gosto muito de fazer sexo contigo?

Creio que numa relação há alturas em que se faz sexo, com amor. E há alturas em que se faz sexo. São coisas diferentes. Nenhuma melhor do que a outra. Assim sendo, porque insistimos em considerar negativo quando nos referimos à frase “sexo contigo”?

4 comentários:

Biby Cletus disse...

Cool blog, i just randomly surfed in, but it sure was worth my time, will be back

Deep Regards from the other side of the Moon

Biby Cletus

Miss Shirley B. disse...

Eu posso falar por mim. É que demasiadas vezes faço sexo com alguém por quem não nutro amor algum. E também eu tendo a considerar negativo.

Special K disse...

Eu adoro fazer sexo, é óptimo. Mas não há nada melhor do que fazer amor com o nosso mais que tudo.

pinguim disse...

Nunca gostei muito de usar a frase "fazer amor", pois acho que o Amor não é sexo, apenas, e portanto não se faz, vive-se!
Prefiro dizer "fazer sexo", embora para mim, sexo sem amor, actualmente, não o concebo.
Abraço.